Um problema comum são as náuseas e vômitos após a cirurgia bariátrica. Isso acontece ao consumir uma quantidade um pouco maior do que a capacidade de seu novo estômago. Devido ao novo tamanho, o pequeno estômago pequeno pode ser sobrecarregado por pedaços de alimentos que não foram bem mastigados. Por isso, além de comer devagar, é essencial prestar atenção aos sinais do seu corpo, como os sinais de saciedade.

Após alguns meses de cirurgia, muitas pessoas conseguem ingerir aproximadamente meio copo ou 120 ml de alimentos em 30 a 45 minutos. Ao exagerar, você poderá sentir pressão ou estufamento no centro de seu abdômen ou pode sentir-se nauseado. Qualquer que seja o sinal, pare de comer, pois uma garfada a mais pode causar dor e muito desconforto.

Dependendo do tipo de técnica cirúrgica adotada o volume inicial aceito pelo paciente varia entre 50 e 500 ml por horário e a consistência da dieta é líquida para que o estômago não seja muito estimulado. Por isso, não se compare a outras pessoas pois as orientações são individualizadas e baseadas na técnica cirúrgica.

No caso de sentir desconforto, náuseas ou vômitos, tente identificar a causa, fazendo as seguintes perguntas:

  • Me alimentei muito rápido?
  • Não mastiguei bem os alimentos?
  • Comi demais?
  • Bebi líquidos junto com as refeições ou logo após?
  • Estava distraído ou conversando durante a refeição?
  • Comi alimentos difíceis de digerir, como carnes duras ou fibrosas?

Essa avaliação irá ajudá-lo a fazer mudanças necessárias para a próxima refeição. Fique atento também à síndrome de dumping e hipoglicemia reativa.

Importância da mastigação

Se você não mastigar bem e engolir os alimentos em pedaços maiores, você poderá bloquear a pequena saída de seu estômago, o pode até mesmo dilatar e romper a linha grampeada ou causas vômitos. No caso de apresentar vômitos durante um dia inteiro, pode ser que a saída de seu estômago esteja bloqueada. Nesse caso, evite alimentos sólidos e tome somente líquidos, como sucos, caldos, gelatinas e chás. Gradualmente, adicione alimentos pastosos e depois os normais.

Portanto, lembre-se sempre da importância da mastigação adequada para evitar náuseas e vômitos após a cirurgia bariátrica. Para mastigar mais devagar, você pode utilizar as estratégias abaixo:

  • Leve de 30 a 45 minutos no mínimo para realizar cada refeição;
  • Mastigue cada bocada de 20 a 30 vezes, até que os alimentos formem uma papa em sua boca;
  • Corte a comida em pedaços pequenos. Isso ajuda na mastigação e torna a refeição mais lenta;
  • Use talheres e pratos pequenos, como colher de chá ou sobremesa. Isso ajuda a comer quantidades menores de alimentos de cada vez e diminui a velocidade de sua refeição;
  • Explique aos outros porque você deve comer lentamente. Dessa forma, eles não irão apressá-lo;
  • Não fique conversando durante suas refeições;
  • Não “pule” refeições. Quando não faz uma refeição, você fica com muita fome na próxima. Com isso você perde o controle e acaba comendo muito rápido e se esquece de mastigar bem os alimentos.

Veja mais informações sobre a dieta após a cirurgia bariátrica, o preparo para a cirurgia bariátrica ou sobre a qualidade da alimentação após a cirurgia bariátrica.