Nutrição Infantil

/Nutrição Infantil

Posts sobre alimentação infantil para ajudar os pais no dia-a-dia a conduzir a alimentação de forma adequada, e para criar hábitos e comportamentos alimentares saudáveis.

Falta de apetite infantil

2017-03-01T12:18:14+00:0029/fev|Nutrição Infantil|

A falta de apetite, também chamada pelos especialistas de anorexia, é a falta de vontade de comer todos ou certos tipos de alimentos. Representa a ausência do desejo de se alimentar. Obviamente, esta insuficiência alimentar há de ser espontânea e por decisão da criança, isto é, ela fica satisfeita antes de ter ingerido a quantidade necessária para o seu desenvolvimento.

Evite alimentos que não são nutritivos na alimentação das crianças

2017-03-01T12:18:04+00:0029/fev|Nutrição Infantil|

A Organização Mundial de Saúde recomenda que alguns alimentos não sejam oferecidos à criança pequena (0 a 2 anos), como: refrigerantes, produtos industrializados com conservantes, produtos com corantes artificiais, embutidos e enlatados, doces industrializados, café, chás artificiais, frituras, alimentos muito salgados (evitar salgadinhos e usar sal com moderação) e adocicados (refrigerantes, balas, guloseimas).

Necessidades nutricionais das crianças

2017-03-01T12:18:49+00:0029/fev|Nutrição Infantil|

A alimentação é um fator primordial para o crescimento, desenvolvimento e saúde da criança. Os únicos fatores determinantes para a saúde da criança que estão totalmente sob controle dos pais são o afeto e a alimentação, pois nem sempre podemos controlar os outros fatores que favorecem nossa qualidade de vida. Por esse motivo, os pais devem oferecer aos filhos uma dieta balanceada, pois cabe a eles oferecer o que há de melhor aos seus filhos.

Cada alimento no seu tempo!

2017-03-01T12:19:02+00:0029/fev|Nutrição Infantil|

As necessidades nutricionais das crianças modificam-se conforme as etapas de crescimento. Há sempre ajustes com o passar do tempo – um pouco mais, um pouco menos desse e daquele nutriente. Ou até mesmo a introdução de um novo alimento no cardápio. Veja abaixo o que os especialistas recomendam em cada fase (apenas a partir dos 6 meses ate os 2 anos):