Entre tantos esforços que o emagrecimento envolve, dedicar tempo e energia a esse projeto é uma das tarefas mais desafiadoras. Por isso, é importante que você crie tempo e disposição para emagrecer. Exercitar-se, por exemplo, pede tempo. Você precisa ir até a academia, preparar-se, praticar a aula ou exercício e retomar o caminho para casa ou trabalho – algumas vezes ao longo da semana.

Mas, não é somente isso. A própria alimentação requer tempo. A começar pela compra dos ingredientes do plano alimentar/cardápio. Ir ao supermercado, procurar, selecionar os alimentos. Depois, vem a preparação dos alimentos. Por fim, é sabido que se deve reservar tempo suficiente para comer as refeições com calma.

Porém, como quase todas as pessoas do mundo, você corre contra o relógio. Tem trabalho, estudo, família, casa e uma porção de atividades para realizar em prazos apertados. E aí, como faz? Bom, mais do que organização, você precisa de disposição!

Nesse contexto, pensamentos sabotadores surgem com facilidade. “Já não tenho tempo para nada! Imagina para seguir meu plano alimentar!”. Contudo, é preciso driblar estas ideias negativas e tentar mudar a perspectiva. E, como a disponibilidade e a energia não se criarão por si só, você provavelmente necessitará fazer algumas mudanças e reorganizar algumas atividades para sobrar tempo e energia para esse projeto.

Organize e crie tempo para emagrecer

Com a ajuda do seu nutricionista, calcule o tempo que precisa para se dedicar ao emagrecimento. Após, escolha uma agenda ou aplicativo de sua preferência para anotar e agendar as atividades diárias e semanais. Agende o momento do dia/semana que irá realizar essas atividades e comprometa-se a colocá-las em prática.

Se sua agenda já estiver lotada, revise-a e selecione o que pode ser eliminado. Traçar uma lista de prioridades, dividindo-as em atividades essenciais, secundárias, desejáveis e altamente desejáveis pode auxiliar. Registre quanto tempo do dia você fica assistindo TV, olhando redes sociais, e outras atividades que podem ser reduzidas ou eliminadas. A colaboração de quem convive com você também será essencial, pois você poderá delegar algumas tarefas ou pedir ajuda, como cuidar dos filhos, buscá-los na escola, executar tarefas domésticas, entre outros.

Enfrente e crie disposição para emagrecer

Todas estas transformações no seu dia a dia podem parecer complexas ou, até mesmo, aparentemente impossíveis. O receio de incomodar quem mora com você ou não querer abandonar alguma atividade secundária, desejável ou altamente desejável limitará a sua evolução. Romper essas barreiras é mais um dos passos importantes para o sucesso do emagrecimento. O que de mal vai acontecer se você delegar a tarefa de passar roupa? E se você não realizar a tarefa arrumar a cama? O que de pior vai acontecer se você pedir ajuda para a tarefa de cozinhar? Questione-se.

Caso você não goste de agendamentos, entenda que emagrecer exige, sim, programação. E lembre que isto tudo valerá a pena, pois é o seu objetivo. Todos os objetivos para serem alcançados exigem dedicação de tempo e energia. Provavelmente foi assim que você se formou na faculdade, não é mesmo? Dedicando tempo e energia, com certa organização e planejamento das suas demais atividades… E se você pensar que não consegue arrumar tempo, lembre que o excesso de peso é algo que você quer deixar para trás, e que para conquistar um peso menor é preciso fazer o que é necessário ser feito!

Mude seu ponto de vista: organização não é prisão, é libertação.

O programa de emagrecimento Emagreça Motivado é um curso para emagrecer que em todas as aulas aborda maneiras de manter a motivação para emagrecer, organizar tempo e manter a disposição, para que emagrecer seja um projeto agradável para você. Não deixe de conhecer!