O assunto desse post é muito precioso. Ele é, inclusive, bastante óbvio, eu sei, e parece papo chato de nutricionista. Mas, embora muitos não tenham o hábito de comer devagar, a mudança desse comportamento é muito importante para emagrecer.

 A principal razão pelo qual comer devagar é importante é que, desta forma, você come conscientemente, vive a experiência de ter comido, sente a satisfação de ter comido, e percebe o momento em que está satisfeito. Fazer refeições muito rápidas é um hábito de muitas pessoas que têm problemas com o peso.

O nosso cérebro leva em torno de 20 minutos para reconhecer que o estômago está cheio nos dar a sensação de saciedade, é o tempo que o hormônio da saciedade leva para ser produzido e avisar o cérebro. Quando se come rápido, normalmente se come mais do que o necessário, e termina-se a refeição estufado, o que é um sinal de exagero. Por isso a importância de comer com calma e devagar. Pode ser que, no início, você precise policiar a si mesmo. Mas, com o tempo, este será mais um bom hábito que você incorporará à sua rotina.

Você pode, contudo, fazer uso de algumas “artimanhas” para ajudá-lo nesta tarefa. Pode, por exemplo, mudar alguma coisa no seu ambiente de refeições. Pode ser o prato, o guardanapo, qualquer coisa que, ao ver o objeto, você lembre-se de comer devagar.

Pode também acionar um alarme ou cronômetro que o faça lembrar de descansar os talheres e esperar pelo menos dez segundos antes de pegá-los novamente. Além disso, é importante prestar atenção nos sinais do seu corpo para começar a perceber quando está satisfeito e também anotar a duração da refeição. O ideal é que, a cada nova refeição, este tempo se prolongue um pouco mais.

Manter a concentração no momento de alimentar-se é fundamental. Para isso, você também pode abusar de alguns “truques”. É essencial que você esteja em um ambiente tranquilo. No entanto, muitas vezes, é praticamente impossível não se distrair com alguma coisa, seja o celular, a televisão ou outras pessoas. Então, treine o máximo possível as suas habilidades de comer devagar e prestar atenção nos alimentos e, assim, treine-se para comer com atenção, apesar de qualquer distração que possa surgir. Quando você se pegar distraído, não se culpe ou se julgue incapaz, apenas retome a atenção ao comer.

 Assim como em todas as etapas do seu planejamento para emagrecer, podem surgir pensamentos sabotadores. Você pode pensar que precisa se apressar por algum motivo, ou que é do seu feitio comer rápido mesmo ou, ainda, que não tem tempo para comer devagar ou que isso não é importante. Nestes casos, lembre-se de questionar esses pensamentos.

Pense que você precisa deste tempo para se alimentar, que comer depressa fará com que ganhe peso novamente (ou mais peso) e que, de fato, você terá que reorganizar a sua rotina, se necessário, para encontrar o tempo que é preciso para alcançar suas metas. O mínimo de qualidade de vida que você pode se proporcionar é tempo para comer e, já que comer é tão gostoso, vamos aproveitar o momento, não mesmo?

Se quiser saber mais sobre os benefícios de comer devagar e com a mente mais presente nesse momento tão especial, não deixe de ler sobre Comer com atenção plena, e se você quiser avaliar seu comportamento alimentar, teste se suas atitudes alimentares são positivas ou negativas.

Nutrição comportamental e mudança da relação com a comida: a melhor “dieta” para emagrecer!