Sabe o que é que mais atrapalha o seu emagrecimento, provavelmente? A sua forma de pensar! Já parou para pensar sobre os seus próprios pensamentos? Eles são, de fato, a chave para o sucesso do emagrecimento, embora muitas pessoas vivam à mercê dos seus próprios pensamentos não produtivos, o que impede o sucesso delas no emagrecimento e manutenção de peso.

A boa notícia é que depende da gente gerenciar nossos próprios pensamentos e os resultados deles. Perceba que eu utilizei a palavra “gerenciar”, e não “controlar” os pensamentos, porque não se controla pensamento. Pensamentos são involuntários e são produtos da nossa mente. Só que o que “controlamos” é o que fazemos a respeito dos nossos pensamentos.

Porém, a má notícia é que muitas vezes os nossos pensamentos passam despercebidos para nós mesmos. Isso acontece quando já se tornaram hábito, eles não são mais conscientes, ficam no nosso pré-consciente. Mas, se voltarmos a prestar atenção, veremos que algum pensamento sempre precede o ato de comer – ou da intenção de comer.

Se, por exemplo, você vê um chocolate, algum pensamento surge na sua mente antes de decidir por comê-lo ou não. Se o pensamento é algo como: “Só hoje não vai fazer diferença”, este pensamento pode ser uma verdade ou pode ser sabotador… É só hoje mesmo, ou acaba sendo todos os dias? Por isso é importante identificar o pensamento e pensar sobre ele. Do contrário, simplesmente acreditaremos nele e agiremos de forma automática.

Como falei antes, os pensamentos sabotadores surgem na mente involuntariamente, o mais importante é saber “responder” a eles. Se você vê o chocolate e pensa que se comê-lo só hoje não fará diferença, e ao parar para pensar percebe que é todos os dias a mesma coisa, você pode, da mesma forma, assumir o comando da sua mente e pensar em seguida: “Não estou verdadeiramente com vontade, é apenas a força do hábito” ou “Se eu comer o chocolate, terei apenas um prazer momentâneo e o mais importante para mim é emagrecer”, ou “Não estou verdadeiramente com vontade, é apenas um desejo passageiro, nem estava pensando em chocolate antes de vê-lo”.

Pensamentos sabotadores nos incentivam a comer. É como aquele “diabinho” que fica sobre o seu ombro, incentivando-o a fazer o que você não gostaria, ou que não seria pertinente naquele momento. Eles são justificativas para comer. O hábito de atender a esses pensamentos automaticamente podem também diminuir a autoconfiança, pois comumente levam a exageros e atos impulsivos dos quais nos arrependemos depois, e isso traz a sensação de incapacidade para cuidar da alimentação e emagrecer.

O que é fundamental, portanto, é enfrentar esse tipo de pensamento, reagir a esses pensamentos de forma funcional e positiva. Imagine que a sua mente é o seu cavalo e você é o cavaleiro. Cabe você a dar direção e conduzir o cavalo, porque ele não sabe onde ir, ou vai sempre ao mesmo lugar, ou quando está chucro dispara para qualquer lado. Assim é a mente.

Os pensamentos sabotadores surgem através de estímulos. Estes estímulos podem ser mentais, como pensar em algum alimento; emocionais, que é quando se come para combater a ansiedade, por exemplo; ou sociais, como pessoas que o incentivam a comer. Assim, da mesma forma que é preciso assumir o comando dos pensamentos, será importante saber lidar com os estímulos externos.

Quando você recebe algum destes estímulos e tem pensamentos sabotadores, instaura-se uma tensão interna em você, que irá desfazer-se quando você se decidir por comer ou não. Então, veja bem, a decisão de comer acabará com a tensão, mas a decisão de não comer também. O ponto é que a decisão de comer pode lhe trazer culpa após, por não ter sido uma decisão consciente e assertiva, e sim provavelmente disparada por estímulo externo e/ou um pensamento sabotador.

Faça a experiência de observar seus pensamentos, pensar sobre eles e questioná-los. Assim, você tomará decisões mais assertivas sobre comer, e se sentirá mais no comando da sua alimentação e do seu emagrecimento. Sinta o o orgulho e a confiança de conseguir resistir a algum alimento que não necessite realmente comer. Você estará no comando da sua alimentação e da sua mente!

Se você gostou desse assunto, irá gostar do post sobre pensamentos distorcidos do emagrecimento, e irá gostar do meu curso de emagrecimento Emagreça Motivado – a motivação para emagrecer que você precisa. Nesse curso para emagrecer eu abordo esse tema em todos os módulos. Não deixe de conhecer e sentir muito mais motivação para emagrecer!

Nutrição comportamental e mudança da relação com a comida: a melhor “dieta” para emagrecer.