Vamos combinar que comer pizza é muito bom! Por outro lado, sempre é motivo de preocupação para quem quer emagrecer. Então, vamos desmistificar algumas coisas sobre as calorias das pizzas?

Dá para emagrecer e comer pizza sim, e sem precisar deixar de comer a massa para comer só o recheio. Não sei se você sabe, mas essa é uma estratégia muito usada por quem quer emagrecer, visto que a massa é feita de farinha, leia-se: carboidrato.

A parte calórica da pizza

Na verdade, o recheio é a parte mais calórica da pizza, sabia? O valor das calorias em uma fatia pode até dobrar dependendo do recheio escolhido. Por isso, se você é  da turma que deixa de lado a massa e as bordas do seu pedaço para evitar excesso de calorias, está cometendo um engano!

A massa da pizza não é a vilã da história, pois é feita de farinha de trigo, água, fermento e sal. Saiba que uma fatia média de massa tem em torno de 130 calorias, o que equivale a duas fatias de pão. No entanto, esse valor calórico, pode variar dependendo da espessura escolhida. Então, quanto mais fina, menos calórica.

O molho de tomate também não é o vilão, pois é pouco calórico e a quantidade de molho colocada em cada fatia não representa um valor considerável. Até o momento, massa e molho somam em torno de 150 calorias.

Agora, acrescente mussarela e o valor calórico sobe para 280. Ou seja, as calorias estão escondidas é no recheio, porque ele pode ser muito rico em gordura dependendo dos ingredientes, como os diversos queijos, calabresa, presuntos, batata palha, bacon presentes na maioria das receitas de pizzas.

Pizzas e emagrecimento

Para escolher pizzas menos calóricas e não atrapalhar o seu emagrecimento, siga as dicas:

Sobre o recheio

  • Escolha pizzas que tenham no máximo 3 ingredientes no recheio;
  • Evite os sabores populares como quatro queijos, calabresa, frango com catupiri e portuguesa, pois são altamente calóricos, podendo variar de 370 (calabresa sem queijo) a 450 calorias (a portuguesa);
  • Evite pizzas com ingredientes muito gordurosos, como: provolone, gorgonzola, catupiri, calabresa e bacon;
  • Não podemos esquecer das pizzas doces que viraram moda: também são calóricas por causa do açúcar/chocolate, portanto, reserve 1 fatia pequena de sobremesa;
  • Prefira as alternativas menos calóricas, como: atum, mussarela, marguerita, rúcula, brócolis, palmito, milho;
  • Escolha pizzas que tenham menos queijo e que tenham a proposta de serem mais saudáveis, como as com queijos mais magros e vegetais, como brócolis, rúcula, palmito, milho, tomate, etc;
  • Evite as pizzas que possuam em sua receita alimentos em conserva, pois são ricos em sódio (sal).

Sobre a massa

  • Procure massas de pizzas integrais;
  • Evite a borda recheada, pois acrescenta cerca de 200 calorias em média por fatia, que somado ao às calorias dos ingredientes do recheio da pizza, pode assumir um valor calórico muito alto por fatia!
  • Quanto às bordas simples de pizza, não deixe de comê-las achando que estará reduzindo as calorias. Ao contrário, você acabará comendo mais fatias e, consequentemente, mais recheio da pizza, então acabará aumentando as calorias ao invés de reduzir.

Dicas extras

  • Procure frequentar pizzarias à la carte, pois apesar de as pizzas serem mais elaboradas e as fatias maiores, há uma quantidade limitada para consumo;
  • Não regue sua pizza com azeite. Embora seja saudável, vai agregar mais calorias à sua pizza, portanto, deixe para usá-lo nas refeições do dia-a-dia;
  • Não vá morto de fome para a pizzaria.

Resumindo

Resumindo, as características de uma pizza baixa em calorias para quem quer emagrecer é:

  • Massa fina;
  • Se possível, integral;
  • Até 3 ingredientes no recheio, sem considerar o molho de tomate;
  • Sem ingredientes muito gordurosos;
  • Borda normal;

Calorias das pizzas

Veja abaixo a lista de calorias de cada pizza (fatias de 130 g):

Sabor de pizzaValor calórico da fatia
Escarola220 kcal
Mussarela280 kcal
Atum278 Kcal
Calabresa com queijo415 Kcal
Quatro queijos420 Kcal
Frango com catupiry450 kcal
Portuguesa450 kcal
Valore calórico de uma fatia dos principais sabores de pizza

Comportamento alimentar na hora de comer pizza

Quanto ao comportamento alimentar na hora de comer pizza, procure respeitar o seu próprio estômago. Portanto, quando ele lhe comunicar que já está satisfeito, procure parar de comer.

Pergunte-se: “Se eu comer mais, vou me arrepender?” Não é necessariamente a pizza que engorda, e sim o consumo exagerado. Pode ajudar lembrar que você poderá comer pizza sempre que tiver vontade genuína de comer, não haverá motivos para comer como se fosse a última vez.

E aí, vamos colocar em prática essas dicas? Tenho certeza que você sairá da pizzaria feliz por ter comido com prazer e também feliz por não ter exagerado.

Saiba como fazer uma massa de pizza caseira saudável, ou massa de pizza de couve flor ou de massa de pizza de quinoa.