Provavelmente você já deve ter ouvido falar que há necessidade de comer mais no inverno porque nosso corpo gasta mais energia para se aquecer. Ou, você mesmo pode já ter sentido “na pele” a necessidade de comer mais no inverno. Mas, sabia que isso é um mito quando falamos do frio aqui no Brasil? As temperaturas daqui não são baixas o bastante a ponto de ser necessário ingerir mais calorias. Diferente de outros países, o inverno no Brasil não é tão intenso e o período de frio é muito mais curto.

Como não engordar no inverno

O que acontece normalmente é que comemos pelo conforto, por isso é importante manter-se aquecido. Certifique-se  se você está adequadamente agasalhado, se está mantendo os ambientes aquecidos e, ao chegar em casa com frio tome um banho quente antes de se alimentar.

Outra coisa que nos faz engordar no inverno é, obviamente, o sabor dos pratos típicos de inverno. A melhor recomendação nestes casos é: saboreie devagar os alimentos, desfrute de cada refeição e coma com atenção plena. Desta forma, o prazer da refeição será prolongado e você saberá identificar melhor a saciedade, terminando de comer na hora certa.

Outra dica muito válida é adaptar as suas refeições para pratos leves e quentes, como sopas com legumes, saladas quentes (refogados de legumes). Pratos assim são menos calóricos e também aquecem. Ou seja, troque as refeições frias típicas de verão, como saladas cruas e de folhas por legumes quentes. Faça o mesmo com os seus lanches: troque o iogurte com granola por um bolo saudável à base de fruta com chá quente. Falando em chá, aposte também em bebidas quentes, como leite dourado (golden milk), e outros cappuccinos caseiros saudáveis, que são fáceis de preparar e benéficos para a saúde geral.

Não use o inverno como justificativa, adapte-se a ele!

Nutrição comportamental e mudança da relação com a comida: a melhor “dieta” para emagrecer.