A erva mate é uma erva muito usada para tomar mate ou chimarrão. O nome científico da erva mate é Ilex Paraguariensis e ela pode trazer vários benefícios para a saúde.

chimarrão e seus benefícios para a saúde

Esses nomes – mate ou chimarrão – variam conforme a região do Brasil ou de países do sul da América Latina, como Uruguai, Paraguai, Argentina… Algumas regiões tomam a erva mate com água quente (chimarrão), e outras regiões usam água fria ou gelada, levando o nome de tererê. Na região Sul do Brasil, o hábito de tomar chimarrão é muito grande, inclusive no verão. 

Benefícios da erva mate

A erva mate contém vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina D e sais minerais como cálcio, manganês e potássio e, por isso, pode contribuir para:

  1. Eliminar a fadiga: a erva mate é estimulante e ajuda a eliminar o cansaço físico e mental.
  2. Aumentar a diurese: é diurético, portanto, excelente para auxiliar na diminuição da retenção de líquidos. 
  3. Combater o envelhecimento: a erva mate possui antioxidantes que auxiliam no combate ao envelhecimento celular.
  4. Estimular a prática de atividade física: ao eliminar a fadiga, o chimarrão proporciona mais energia para o desempenho de atividades físicas.
  5. Aumentar o bom colesterol: segundo um estudo realizado pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, a erva mate pode aumentar a quantidade de colesterol bom (conhecido como HDL), sendo uma bebida amiga do coração.

Chimarrão e seus benefícios para a saúde

  • Mesmo que você tenha o hábito de tomar chimarrão, vale ressaltar que ele não substitui a água. Portanto, não deixe de consumir a quantidade de água recomendada para o seu corpo durante o dia (30 ml por quilo de peso). ;)
  • Apesar de não existirem estudos sobre a quantidade recomendada diária de chimarrão, vale lembrar que: tudo em excesso faz mal. Portanto, consuma de forma equilibrada a erva mate. Pessoas com hipertensão e gastrite precisam ter cautela.
  • Algumas matérias falam sobre o poder emagrecedor do chimarrão. Na verdade, isso não ocorre assim. O chimarrão se torna um aliado no processo de emagrecimento porque atua como diurético e estimulante natural, podendo aumentar o desempenho nas atividades físicas. Nenhum alimento/bebida consumido de forma isolada traz resultados no emagrecimento. Para manter a saúde em dia e ter resultados como perda de peso, é necessário observar o contexto da alimentação e ter uma rotina equilibrada.
  • O chimarrão já foi apontado como possível cancerígeno pela Agência Internacional para Pesquisa Sobre Câncer (IARC, na sigla em inglês) da Organização Mundial da Saúde (OMS). A pesquisa divide opiniões dos especialistas, mas todos estes profissionais passam a mesma recomendação: consumir com moderação e observar a temperatura da água. Além disso, é importante conhecer a procedência da erva, observar sempre o prazo de validade, armazenar adequadamente e priorizar a compra de erva orgânica, pois todo produto sem herbicidas é melhor para a saúde em geral.

Erva mate e o risco de câncer

Uma dúvida frequente é: a forma de secagem das folhas da erva podem formar compostos cancerígenos? Por isso, consultamos a Engenheira de Alimentos, Carolina Assunção, mestre e doutora em Ciências e Tecnologia de Alimentos, e eis que ela nos respondeu:

“Quanto às formas de secagem de erva mate e sua relação com câncer, pouco se sabe, e o processo pode ser ainda bastante arcaico. A tecnologia empregada para secar as folhas de erva mate é bastante simples, envolvendo secadores rotativos ou de tambor (que vão girando enquanto secam as folhas com ar quente). Esse tipo de secador é comum em grandes marcas, ou seja, aquelas marcas que realmente tem um nome de prestígio no mercado e que investiram em melhorias no beneficiamento da erva mate. Ou seja, as que produzem em larga escala.

O que pode acontecer quanto à formação de compostos tóxicos é quando a temperatura de secagem não é controlada. Isso é bastante comum em processos de secagem em que a erva mate tem contato direto (ou indireto próximo) com a fumaça da queima da madeira. Esse tipo de processo é empregado em baixa escala e para produções bastante artesanais. Nesse caso sim, podem ser formadas substâncias carcinogênicas por conta deste contato. Portanto, consumindo erva mate de boa procedência, não acredito que deva haver alguma preocupação quanto à presença de compostos tóxicos”.

Bastante esclarecedor! Veja um vídeo sobre o processo de secagem da erva mate em secador rotativo moderno outro vídeo sobre o processo de secagem da erva mate mais artesanal.