Avaliação e comparação do índice de qualidade global da dieta de indivíduos acima do peso, de diferentes classes de renda, na cidade de Novo Hamburgo, RS

Adriana Lauffer. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Feevale. Instituto de Ciências da Saúde. Curso de Nutrição. 2005. 76 p.

RESUMO

A transição nutricional e epidemiológica pela qual o Brasil está passando levanta a questão sobre a qualidade da alimentação entre os indivíduos de diferentes classes de rendimento monetário, pois o consumo alimentar tem sido relacionado à obesidade não apenas quanto ao volume de ingestão alimentar como também quanto à composição e qualidade da dieta. Objetivo: Avaliar a qualidade global da dieta de indivíduos de diferentes classes de rendimento monetário. Métodos: participaram 5 sujeitos da classe de renda baixa, 5 da classe média e 5 da classe alta (n=15), que preencheram o Diário Alimentar por uma semana. Foram analisadas a ingestão de cereais, hortaliças, frutas, carnes e leguminosas, laticínios, gordura total, gordura saturada, colesterol, sódio e variedade da dieta, através do Índice de Alimentação Saudável. Resultados e conclusão: Verificou-se que: a alimentação de todas as classes de rendimento necessita melhorar quanto à qualidade; conforme a classe de rendimento a alimentação apresenta diferentes características, determinando maior ou menor qualidade; e a tendência de que, à medida que aumentam os rendimentos, a qualidade da dieta diminui.

PALAVRAS-CHAVES: pontuação, Índice de Alimentação Saudável, qualidade da dieta, classes de renda, obesidade.

By |2016-09-27T21:25:59+00:0027/02/2016|Categories: Artigo Científico|Tags: , , , , , , , |