Alimentação e acne podem estar relacionadas? Sim, pois estudos sugerem que a prática de uma dieta de baixo índice/carga glicêmico e reduzida em laticínios pode proporcionar alívio da acne.

Portanto, pode contribuir para a prevenção de novas lesões acneicas, mesmo quando os medicamentos não conseguem.

A dieta de baixo índice glicêmico é devido ao excesso de peso corporal que está relacionado à acne pela resistência à insulina que se faz presente nessa condição.

Já a falta de sono ou baixa qualidade de sono não se relaciona com desenvolvimento ou piora da acne. Além disso, a qualidade da dieta, devido aos nutrientes que possuem efeito cicatrizante e anti inflamatório, também pode contribuir.

Alimentos bons para acne

  • Isoflavona presente na soja, preferencialmente orgânica;
  • Zinco, presente nas carnes, ovos, nozes;
  • Selênio, que está nas castanhas, aveia, camarão;
  • Ácido ascórbico, que encontra-se na laranja, acerola, kiwi, salsinha;
  • Vitamina E, presente na semente de girassol e oleaginosas;
  • Vitamina A, contida na cenoura, abóbora, couve, espinafre;
  • Ácido pantotênico, que está nas sementes de girassol, cogumelos, salmão, fígado de galinha e soja orgânica;
  • Ômega 3, nos peixes gordos não de cativeiro, como salmão, sardinha, atum, linhaça, folhosos verde escuros;
  • Gorduras monoinsaturadas, contidas no abacate, azeite de oliva extra-virgem, óleo de canola.

Alimentos que podem piorar a acne

  • Alimentos alergênicos, como frutos do mar, chocolate, amendoim, castanhas, suínos, enlatados;
  • Leite de vaca e glúten conforme individualidade.

Estando em uso ou não do medicamento isotretiona, aquele que eleva o mau colesterol, triglicérides e testes hepáticos, evitar alimentos fontes de:

  • Gordura saturada, como leite integral, manteiga, embutidos, óleo de coco, bacon, carnes gordas;
  • Açúcares simples/de alto índice glicêmico, como bolos, doces, balas, refrescos, refrigerantes);
  • Excesso de ômega 6 (como óleo de milho, óleo de soja e girassol), mais que 1 porção de laticínios ao dia (conforme individualidade).

Para que a sua alimentação fique adequada, converse com o seu nutricionista!

Referências:

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26470617

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26203267

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25803999

http://archderm.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=479409