Infecção/infestação por parasitose – dicas de alimentação

By |2016-10-16T15:52:29+00:0026/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , |

Hoje em dia comemos tanto fora de casa! Cada vez mais temos pressa, lavamos mal os vegetais e frutas e cada vez menos nos lembramos de fazer exames de fezes e cuidar dessa parte da nossa saúde. Parasitas intestinais podem causar sintomas inespecíficos, como emagrecimento, alteração de apetite, cansaço, mal estar, náusea, vômito, dor abdominal e serem facilmente confundidos. A maneira correta de fazer o exame de fezes é colher 3 amostras de fezes a cada 5 dias para pegar a desova. A alimentação pode auxiliar no combate e à eliminação de vermes e o alho é o símbolo disso! Confira o tratamento da nutrição funcional:

Cuidados com a alimentação na hipertensão arterial

By |2016-10-16T15:55:31+00:0026/01/2016|Categories: Alimentação, Bem Estar, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , , , , |

Atualmente com tantos alimentos industrializados, alimentos "dos homens", são todos muito ricos em sódio, visto que é o conservante mais utilizado. Então, o ideal seria manter uma alimentação mais natural possível, com os "alimentos de Deus". Ou seja, é necessário cuidar não apenas o sal de cozinha adicionado à comida, mas também o teor de sódio que está presente naturalmente nos alimentos, pois alguns são muito ricos em sódio. Também é importante manter peso corporal adequado e fazer atividade física orientada por profissional, evitar o fumo e bebidas alcoólicas. Sintomas da hipertensão arterial: dor de cabeça intensa (inicia na nuca), palpitação, visão embaçada, tontura, inchaço nas pernas, pequenos sangramentos espontâneos, geralmente nasais, dor nas pernas ao caminhar, agitação e insônia, calor excessivo, cansaço e intolerância aos esforços, dispnéia.

O que é hemocromatose, o que ela causa?

By |2017-03-01T12:09:05+00:0025/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , , , |

Hemocromatose é um transtorno que interfere no metabolismo do ferro provocando grande acúmulo desse elemento no organismo. O excesso de ferro resulta em danos teciduais e prejuízo funcional dos órgãos envolvidos, especialmente fígado, pâncreas, coração e hipófise.

Saiba as causas da halitose (mau hálito) e como a alimentação pode ajudar

By |2016-09-15T16:55:11+00:0020/01/2016|Categories: Alimentação, Bem Estar, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , |

Ai, beijar na boca ou falar próximo a alguém com desconfiança de estar com mau hálito é muito ruim, né! Quem já não passou por isso. Mas há quem tenha mau hálito sempre, e isso tem uma causa e na grande maioria dos casos, também têm solução e a alimentação pode ajudar. O mau hálito pode correr devido a períodos de repouso ou inatividade bucal, higiene bucal inadequada, longos períodos de jejum, tensão emocional, dietas muito restritas, retenção de resíduos alimentares, bactérias e células mortas no dorso da língua. Mas podem ser um sinal de algum problema de saúde também:

Glúten oculto nos alimentos: cuidados que o celíaco deve ter!

By |2017-03-01T12:27:24+00:0020/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , , |

Anos atrás tive uma paciente celíaca que foi fazer a colonoscopia de rotina, seria uma revisão após alguns anos do diagnóstico. Ela ficou chocada por que ela não se saiu bem no exame: as vilosidades intestinais estavam atrofiadas apesar de estar evitando glúten. Ela foi encaminhada pelo seu médico a procurar uma nutricionista para orientá-la sobre o glúten oculto da dieta. Resolvi fazer um post sobre isso, pois poderia ser o problema de outras pessoas também.

Cuidados com alimentação que podem ajudar na diminuição da flatulência (gases)

By |2016-10-27T09:59:14+00:0020/01/2016|Categories: Alimentação, Bem Estar, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , , , , , |

Flatulência aumentada pode acontecer pelas possíveis causas: ar deglutido com os alimentos, gases derivados dos alimentos, enzimas digestivas deficientes/má digestão, e gases provenientes da ação das bactérias que presentes na microbiota alterada.

Saiba como prevenir a diverticulite

By |2017-03-01T12:27:37+00:0020/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , , , , |

Os principais sintomas da diverticulite são dores no baixo ventre à esquerda, diarreia, sangue nas fezes, febre, náuseas e vômitos. Em casos graves, pode haver a formação de fístulas ou rompimento de um divertículo, que permitirá o vazamento de fezes para a cavidade abdominal, causando a peritonite e risco de morte por infecção generalizada. A pessoa que tem diagnóstico de diverticulose (diverticulite é o nome da crise, quando um divertículo inflama), deve cuidar muito bem da sua saúde intestinal, prevenindo a constipação. História de constipação é, inclusive, um dos fatores que leva ao desenvolvimento de diverticulose.