Veja como acontece a hemocromatose e saiba quais alimentos são rico em ferro

A captação e a absorção de ferro ocorrem na membrana das células do intestino (que sintetizam uma molécula chamada apoferritina). Os íons ferrosos (Fe2+) se ligam aos receptores das células, penetrando-as e são oxidados ao estado férrico (Fe3+) e ligam-se à apoferritina. Quando a mesma satura, o ferro deixa de ser oxidado e passa para o sangue direto na forma Fe2+, para então ser oxidado e carregado pela transferrina e depositado no fígado, baço e medula óssea. No fígado é armazenado como ferritina ou hemossiderina. A absorção é regulada pelas células intestinais (mucosa). Se houver deficiência de ferro, uma proteína reguladora de ferro chamada aconitase, inibe geneticamente a produção de mais ferritina. Com isso, uma quantidade maior de ferro passa para a corrente sanguínea e é oxidado a Fe2+ por uma outra molécula chamada ceruloplasmina, em conjunto com o cobre, ligando-se a aprotransferrina e sendo armazenada nos órgãos.

Na hemocromatose esse mecanismo torna-se ineficiente, pois não há produção de ferritina e todo o ferro ingerido passa diretamente ao sangue, gerando absorção excessiva deste mineral e causando patologias.

 

Tabela de alimentos ricos em ferro

100g de alimento – parte comestível Mg de ferro Medida caseira
Coração de frango grelhado 6,5 13 uni médias
Fígado de boi grelhado 5,8 1 bife padrão
Melado* 5,4 7 col sopa
Grão de bico cru* 5,4 5 col sopa cheias
Picanha sem gordura grelhada 3,3 1 bife padrão
Pão de trigo integral* 3,0 4 fatias
Gema de ovo cozida 2,9 4 unidades
Coxão mole sem gordura cozido 2,6 1 bife padrão
Hambúrguer bovino grelhado 2,6 1 unidade
Lentilha cozida* 1,5 1 conch méd
Feijão preto cozido* 1,5 1 concha méd
Ervilha enlatada* 1,4 5 col sopa
Peixe sardinha assada 1,3 1 posta
Sobrecoxa de frango s/ pele assada 1,2 1 ½ uni
Feijão rosinha cozido* 1,2 1 conch méd
Pão francês* 1,0 2 unidades
Broto de feijão cru* 0,8 20 col sopa cheias
Espinafre refogado* 0,6 4 pegadores
Lombo de porco assado 0,5 1 bife padrão
Couve manteiga refogada* 0,5 5 col sopa
Brócolis cozido picado* 0,5 10 col sopa cheias
Peito de frango sem pele grelhado 0,3 1 bife
Mel de abelha* 0,3 7 col de sopa
Beterraba cozida picada* 0,2 5 col sopa cheias

* Além de serem fontes mais pobres de ferro, apenas possuem boa absorção se consumidos com fonte de vitamina C, como laranja ou sucos cítricos, pois são fontes de ferro de origem vegetal. Os alimentos de origem animal possuem ferro heme, cuja absorção é garantida, mesmo sem a “ajuda” da vitamina C.

 

Alimentos fontes de ferro menos comuns: inhame, broto e semente de abóbora.

 

By | 2017-03-01T12:27:12+00:00 25/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , |