Por que é importante ir regularmente às consultas com o nutricionista?

O ser humano é “perito” em protelar e sabotar. É necessitado de motivação e inspiração constantes. Acomodar-se na zona de conforto, em qualquer área de vida, é extremamente fácil.

Nos sabotamos na área profissional, nos relacionamentos e, claro, para emagrecer. Por que eu digo isto? Porque, afinal de contas, a gente sente dificuldade para organizar a alimentação, manter a constância do cuidado… Eu tenho certeza que você sabe quais alimentos são saudáveis e quais não são. Mas por que é tão difícil praticar esse conhecimento? Porque conhecimento não é garantia de execução. O fumante sabe que fumar faz mal, mas não significa que ele vai parar até por que quando os efeitos são a longo prazo, fica mais difícil estabelecermos esta relação de causa e efeito.

No caso do emagrecimento e da saúde, o nutricionista pode ajudar tentando conscientizar o paciente sobre a importância dessa mudança, identificando o estágio motivacional que ele se encontra, para estimulá-lo de maneira certa à mudança, evitando que ele fique ainda mais na resistente. É importante saber se o paciente está pronto para aquela mudança específica. Ele sabe que comer frutas é importante, mas se naquele momento ele for “forçado” pelo profissional a comer, poderá ser um motivo para abandonar o tratamento e criar uma resistência ainda maior. Então, dependendo o caso é importante respeitar e esperar o momento certo, em que o paciente se sinta pronto.

Portanto, a importância do acompanhamento nutricional está em garantir que os objetivos da pessoa estejam sendo atingidos, até porque o ser humano tem o (péssimo) hábito de protelar. E ainda há os pacientes que não mantêm o acompanhamento periódico e/ou dentro do prazo ideal estipulado pelo profissional…

Manter o acompanhamento no prazo correto é importante, especialmente no começo, quando os hábitos estão começando a ser trabalhados, bem como para manter a inspiração, solucionar dificuldades, criar estratégias para facilitar a mudança dos hábitos. Tem gente que, quando não emagreceu ou acha que emagreceu pouco, remarca a consulta, na tentativa de voltar com resultado melhor. O ponto é que, se a pessoa já não conseguiu naquele prazo, dificilmente vai conseguir no próximo prazo. Além disso, ela está fazendo aquilo para ela e não para o nutricionista, por isso não há sentido remarcar. Claro que ninguém gosta de enfrentar a realidade de um resultado insatisfatório, mas o ideal é comparecer mesmo assim, para que o profissional nutricionista tenha a oportunidade de ajudar o paciente, senão, é provável que ele se atrapalhe ainda mais nas suas dificuldades e acabe se sabotando e até desistindo.

Existem vários profissionais que trabalham com emagrecimento e que, quando o paciente não evolui bem, falam frases como “Não vou mais te atender, você não faz o que eu digo”, “Se você não emagrecer não precisa voltar”. O profissional, contudo, deve acolher você, tentar entender de verdade porque você não está fazendo o que foi sugerido e por que não está tendo resultado. O nutricionista deve ser o seu parceiro, a sua dupla nesse processo de mudança. E o que uma dupla faz? Luta junto para vencer!