Pensamentos sabotadores da dieta: saiba quais são e o que fazer!

Você quer emagrecer e não consegue? Não sabe por quê? Você já prestou atenção no seu padrão de pensamento? Os pensamentos sabotadores atrapalham muito a evolução e o sucesso do emagrecimento. As pessoas comem e não percebem ou acreditam que os pequenos (mas vários) extras consumidos diariamente não farão diferença no emagrecimento. Geralmente, pacientes assim consomem em torno de 200 a 300 calorias a mais diariamente (sendo que para emagrecer 1 Kg por mês, deve-se reduzir 256 calorias ao dia; para emagrecer 2 Kg por mês, em torno de 500 calorias), o que as impede de emagrecer 1 a 2 Kg a mais por mês, sendo que teriam potencial para isso.

Pensamentos sabotadores mais comuns:

1. Só hoje um pouquinho não fará diferença…

2. Estou tão cansada(o)/desanimada(o)/estressada (o)/triste…

3. Já que estou emagrecendo tão bem, posso me permitir e comer um pouquinho…

4. Eu mereço comer por que… (qualquer motivo/desculpa)

5. Depois eu queimo na academia/ginástica…

6. Depois eu compenso…

7. É final de semana/feriado/férias…

8. O café da manhã do hotel…

9. Se eu recusar a sobremesa ela(e) vai se magoar comigo…

10. Eles que serviram demais no meu prato, tive que comer…

11. Ah, mais eu gosto tanto…

12. Não tive como recusar…

13. Emagrecer é tão difícil…

14. Sei que não devia comer isto, mas não me importo…

15. Se eu comer isto só desta vez não terá problema…

16. Já que comi o que não devia, vou continuar comendo até o fim do dia…

17. Não quero mais emagrecer, é muito difícil…

18. Nunca vou emagrecer…

19. Não consigo resistir à esta comida…

20. Se eu não repetir o prato vou sentir fome em breve…

21. Estou com fome, isto é horrível, não posso tolerar, preciso comer!

Estes pensamentos são considerados sabotadores, distorcidos. Se você tem ao menos um deles, procure controlá-lo tentando ser mais racional antes de comer. Para aliviar este problema, procure contrariar os pensamentos sabotadores com respostas adaptativas. Por exemplo, quando você pensa: “Estou com fome, isto é horrível, não posso tolerar, preciso comer!”, pense: “Tudo bem, vou comer novamente dentro de poucas horas. Posso perfeitamente esperar!”.

Procure resolver também outros problemas, como: a sensação de estar sobrecarregado pelas exigências do plano alimentar/dieta; a sensação de estar em privação; a sensação de estar desmotivado quando seu emagrecimento não corresponde ao previsto; a sensação de estar estressado com outros problemas da vida.

Sugestão de leitura: Pense Magro de Judith Beck.

Esse texto foi escrito baseado no meu método de atendimento para emagrecimento: coaching e abordagem cognitivo comportamental para reeducação alimentar.