Orientações gerais para emagrecimento e reeducação alimentar

O segredo para o emagrecimento e para alimentação saudável é pensar antes de comer! Identifique os seus pensamentos sabotadores e procure transformá-los em pensamentos capacitantes e coerentes, modificando sua maneira de pensar, sentir e de agir! O nutricionista é seu parceiro para lhe ajudar nas mudanças de hábitos e nas suas dificuldades!

  •  Dica: quando cozinhar, colocar o óleo sempre na panela já aquecida para usar menos quantidade (preferir óleo de de arroz, de algodão ou de coco). Dê preferência a preparos assados, cozidos, refogados ou grelhados;
  • Cortes de carne magra: os cortes de carne magra (não requerem remoção de gordura): patinho, músculo, miolo da paleta, peixinho, coxão mole.Cortes que após a remoção da gordura visível resultam em carne magra: contrafilé, acém, pescoço (vendido como lombo pelos açougueiros), lagarto, maminha, miolo de alcatra, fraldinha. Cortes que apesar de terem gordura entremeada, se tornam magras após a remoção da gordura externa: picanha e coxão duro.
  • Muitas vezes confundimos a sensação de sede com a fome, por isso é importante hidratar-se entre as refeições – 35ml por Kg de peso.
  • Exercitar-se 3 vezes por semana é o ideal, com orientação profissional. O exercício contribui em 30% para o emagrecimento, libera endorfinas no sangue, substâncias que reduzem a ansiedade, melhoram a disposição e a qualidade do sono.
  • Inicie as refeições pelas saladas e prefira comê-las cruas. Assim aumenta-se o consumo de fibras e melhora a saciedade.
  • Evite “beliscar” fora de hora, pois provavelmente o que você está sentindo é desejo. Diferencie fome e desejo de comer!
  • Comer devagar e mastigar bem os alimentos ajuda a comer menos, pois percebemos que estamos satisfeitos/saciados antes de cometer exageros.
  • Consumir os alimentos nas quantidades indicadas, pois pequenas quantidades a mais, somadas, podem prejudicar o emagrecimento.
  • Reler o plano alimentar diariamente para relembrar o combinado.
  • Não “pule” refeições, pois aumentará a fome e a vontade de comer na próxima.
  • Refeições equilibradas, como as figuras abaixo, ajudam a controlar a fome e a voracidade.