Evite alimentos que não são nutritivos na alimentação das crianças

A Organização Mundial de Saúde recomenda que alguns alimentos não sejam oferecidos à criança pequena (0 a 2 anos), como: refrigerantes, produtos industrializados com conservantes, produtos com corantes artificiais, embutidos e enlatados, doces industrializados, café, chás artificiais, frituras, alimentos muito salgados (evitar salgadinhos e usar sal com moderação) e adocicados (refrigerantes, balas, guloseimas).
Já foi comprovado que a criança nasce com preferência para o sabor doce, de qualquer modo, a adição de açúcar nos alimentos da criança não são necessários nos primeiros anos de vida. Dessa forma, a criança não vai se desinteressar pelos vegetais, frutas e cereais (comida das refeições), que são alimentos que têm outros sabores.
Até completar 1 ano de idade, a mucosa do estômago da criança é muito sensível e, por isso, devem ser evitadas alimentos como café, refrigerantes e enlatados, além de não terem valor nutritivo algum.
O sal iodado, além de fornecer o iodo, é importante para que a criança se adapte à alimentação da família, porém, seu uso deve ser moderado.
O mel é totalmente contra-indicado no 1ª ano de vida pelo risco de contaminação por Clostridium botulinum.
As frituras são desnecessárias especialmente nos primeiros anos de vida. A fonte de gordura para a criança já está no leite e no óleo vegetal utilizado para cozinhar. O óleo utilizado para frituras libera radicais livres que são prejudiciais à mucosa intestinal da criança pequena, podendo causar sérios problemas à saúde.