Bolo de abacaxi e aveia

Bolo super saudável, com pouco açúcar e sem farinha branca/de trigo. Ótima opção como parte do café da manhã, lanche, pré treino, ou para receber visitas sem sair da linha!

  • 3 xícaras de aveia em flocos ou 250g
  • ½ xícara de coco ralado sem açúcar
  • ½ xícara de farinha de linhaça
  • 1 colher (sopa) de fermento
  • 3 ovos, preferencialmente orgânicos ou caipira
  • 1 vidro de leite de coco (para o cálculo da receita eu usei o light)
  • 2 colheres de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • Abacaxi grande picado maduro

Em um recipiente misture a aveia, o coco, a farinha de linhaça e o fermento e reserve. Bata no liquidificador os ovos, o leite de coco, açúcar e a canela. Após junte todos os ingredientes e misture bem. Coloque metade da massa em uma forma, coloque os pedaços de abacaxi e o restante da massa em cima. Assar em forno pré-aquecido a 180º C por 30 minutos ou até o palito sair seco. Eu coloquei uma camada bem generosa de abacaxi, bem preenchida, e isso é importante por que se você só espalhar alguns pedacinhos o bolo não vai ficar saboroso visto que já não leva muito açúcar, e poderá ficar seco. Com bastante abacaxi fica mais úmido. Ele fica com essa aparência de super integral, mas não esfarela fácil depois de frio. Eu fiz numa forma redonda, mas deve ficar muito legal em forminhas de cupcake. Nessas forminhas deve render 12 bolinhos.

Vamos aos valores nutricionais? O valor calórico da receita é de 2300 Kcal, 311g de carboidrato, 75 g de proteína, 112g de gordura, 186 mg de sódio. Cada bolinho ou fatia (deve render em torno de 12) terá em torno de 190 Kcal, que é um valor calórico bom para um lanche, e acredite, dá bastante saciedade.

Um fatia de nega maluca terá em torno de 200 Kcal, mas é uma fatia pequena de 60g que não dará saciedade e que causará um efeito no seu corpo de aumentar rapidamente a insulina pela quantidade grande de açúcar e farinha branca. Se você come bolo eventualmente, não será um problema, mas se você é fã de bolos e gosta de comer com frequência, pode ser mais conveniente focar nesses bolos mais “fits” no seu dia-a-dia. Obviamente, não espere pela mesma “doçura” da boa nega maluca, mas nada que o paladar não se acostume!