Aftas e alimentação

As possíveis causas das aftas são associação genética, exposição ambiental (podendo ser também semelhante à exposição ambiental familiar), sistema imune debilitado, carência de vitamina B12 ou C, zinco, ferro, ou ácido fólico, reações alérgicas, bactérias bucais, doenças inflamatórias do trato gastrointestinal, refluxo gastroesofágico, estresse emocional, traumas locais (mordidas acidentais), poucas horas de sono, algumas pastas de dente que contenham sódio-lauril-sulfato, alguns alimentos (chocolate, café, refrigerantes, tomate, abacaxi), cigarro, medicamentos, como aspirina, doença celíaca (caso não descubra a causa de tantas aftas, consulte um gastroenterologista).

Tratamento consiste em aplicação de pomadas para uso oral com analgésicos. Em casos mais graves, o uso de antiinflamatórios ou medicamentos para reduzir a acidez estomacal. Bochechar solução com bicarbonato de sódio diluído em água ou chá de malva. Consultar estomatologista ou dentista.

Durante a recuperação, evite alimentos ácidos ou muito condimentados e escovar os dentes suavemente.

By |2016-01-03T23:49:34+00:0003/01/2016|Categories: Alimentação, Nutrição e Saúde|Tags: , , , , , |