A importância de horário para as refeições!

O estabelecimento de horários corretos para as refeições melhora o condicionamento do apetite da criança. No entanto, a mãe ou pessoa responsável precisa cuidar para não estabelecer horários muito rigorosos, que pareçam cruéis com as crianças, pois as necessidades alimentares infantis são diferentes das do adulto.
A mãe deve observar cuidadosamente as necessidades da alimentação de seu filho para poder, assim, satisfazer ambas as partes (a criança e os adultos da família).
Um horário muito rígido traz dificuldades na maioria das vezes, principalmente com crianças maiores e, como conseqüência, elas se recusam a comer nos horários pré-estabelecidos. Quando o horário estabelecido está de acordo com o horário da fome da criança, ela se alimentará o suficiente e se adaptará a ele.
Ao mesmo tempo, a mãe não deve desprezar totalmente o horário, pois se isso acontecer a criança comerá alimentos com pouco valor nutricional nos intervalos entre as refeições.
O contrário de uma criança com horários rígidos para comer é aquela que se alimenta a hora que bem entende, o que também é muito prejudicial, pois desta forma a criança vai “pular refeições” e estará sempre mal alimentada e é isso que faz com que a criança (e também os adultos) sinta necessidade de “beliscar” fora de hora – geralmente salgadinhos, guloseimas, balas – o que, além de não nutrir, pode contribuir para o ganho de peso.
Quanto à alimentação, a rotina sempre deve existir em qualquer faixa etária e a criança, principalmente, precisa dela, mas deve ser flexível e não rígida. Também é importante a família se manter calma e com atitude flexível para propiciar uma refeição agradável. Vamos usar o bom senso!

By |2017-03-01T12:20:04+00:0029/02/2016|Categories: Nutrição Infantil|Tags: , , , , , |